Para pra pensar

Em um mundo onde as pessoas dão mais importância ao botão "curtir" das redes sociais do que o próprio prazer em curtir a companhia, a presença, o momento, Tudo está se tornando o mais superficial possível, os valores de antigamente se perderam, as relações principalmente. Não vemos mais as   pessoas conversando e olhando nos olhos dos outros com frequência, os aparelhos celulares tornaram-se o meio de comunicação mais utilizado do momento e o que mais prejudica e antagoniza o processo de socialização e evolução pessoal, pois o mundo virtual nos distrai e nos desliga do mundo real.


Neste momento pare o que estiver fazendo, leia esse texto e reflita sobre o seu comportamento: quanto tempo da sua vida você gasta em lazer? Quando foi o seu último encontro com aquele seu (a) amigo (a) de vários assuntos os quais resultaram em um bom papo? Quantas horas você tem dormido?
Durante a minha aula de antropologia na faculdade, eu fiz esse exercício e percebi o quanto somos escravos do tempo. Nós sempre temos tempo para trabalhar, estudar, mas descansar e relaxar? Ou temos pouco ou não temos nenhum.

Será que esse é um hábito saudável? Muitas vezes reclamamos de tanta coisa na nossa vida e não procuramos soluções para nada. Isso se torna um ciclo vicioso e acabará sempre te prejudicando, pois atrairá apenas coisas ruins para você e nada fluirá naturalmente.

A todo momento uma notícia de morte aparece. Sabe por que? Para fazer o ser humano começar a valorizar e viver a vida na simplicidade dela. Muitas vezes precisamos de tanta coisa né? Um sapato, um carro, uma roupa, mas e a nossa essência? Do que ela precisa?

Reflitam.


Caroline Trevisan
 

You May Also Like

6 comentários

  1. Maravilhoso texto!! Verdade temos que ser mais humanos e menos dependentes de artificial!! Temos que ter mais amor, carinho e Deus em nossos corações!!!! Parabéns linda rainha!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ficamos felizes com o carinho dos nossos leitores, Fabrio Rafael. Realmente precisamos estar mais atentos a esses pequenos detalhes que fazem toda a diferença.
      Agradecemos o seu comentário, em especial o apelido carinhoso a jornalista Caroline Trevisan.
      Continue nos acompanhando =)

      Excluir
  2. Texto maravilhoso e é tudo verdade e muitas das vezes não conseguimos enxergar isso , continue assim que tenha muito sucesso que Deus abençoe !!!! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradecemos o seu comentário e pode deixar que continuaremos a publicar mais textos então continue nos acompanhando =)

      Excluir
  3. Eita !!! Que assunto assertivo 😀 ei aí vem textão! Adoro😃🧠❤️

    Carol, primeiramente parabéns, muito me alegro em saber que existe mais uma pessoa neste planeta terra consciente neste assunto.Tenho levado em algumas palestras essa reflexão.

    Este assunto para mim se tornou uma parte da minha missão de vida.❤️🧠
    "O que estamos nos tornando ? O que estamos construindo?? Para onde estamos indo? Qual o sentido da nossa vida ? Para quê, porquê, qual o nosso motivo ?
    😀haha 😀! Perguntas de coach , vc me entende né !? Futura psicóloga ! 😀jornalista linda !!

    Carol, a carência de relacionamentos, afetividade,de partilhar,a necessidade do reconhecimento, resumindo; a falta da gestão das emoções tem feito um estrago nas famílias,e consequentemente na sociedade. Valores, princípios, como;o princípio da mesa, o princípio de darmos a benção para os pais, avós antes de dormir,de assistir e comer pipoca juntos, jogar uma queimada na rua de casa isso já era ! Os "cliques" se tornaram muito mais prazerosos.

    As famílias estão no automático dos "cliques" robóticas, perderam seus valores, princípios pelo excesso das redes sociais... Ninguém mais
    "olha no olho". Vivemos tempos líquidos, relacionados líquidos,nada é para durar. A geração "fast food" 🤦😲 A pressa, a ausência de calma . Enfim, esta geração está corrompida.

    E isso é muito mais intenso, profundo do que imaginamos, e muito me preocupa pois está se tornando "PERIGOSO"!

    A nova geração que vem aí pelo andar da carruagem será uma geração sem amor,sem compaixão uma geração egoísta, "doente"

    A Bíblia nos diz que nos finais o amor se esfriaria. Observamos esse esfriamento ao notar as pessoas, chega dar até medo. Como as pessoas estão se tornando insensíveis umas às outras.

    Amiga, boralá 🚀 fazer nossa parte! Levar as pessoas a ter consciência do caos que o ser humano está se tornando. Que o amor de Deus possa estar invadindo os corações, e que este coração preenchido por seu amor, possa contribuir para o bem dos outros que ainda se mantém doentes.

    Um grande beijo pra você ! Deus abençoe sua vida e seus planos, projetos lindona ! 🌷😍😘

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ual Sabrina! Está convidada para escrever um texto para ser publicado aqui. Simplesmente arrasou no seu comentário e de fato é uma reflexão e tanto para todos, pois estamos vivendo em uma era perdida e que se ninguém acordar será bem pior.
      Obrigada pelo carinho sempre conosco ♥

      Excluir